Frases de Amor no Amanhecer com Vc



autor Ó DÊ OUVIDOS A QUEM TE AMA Só dê ouvidos a quem te ama. Outras opiniões, se não fundamentadas no amor, podem representar perigo. Tem gente que vive dando palpite na vida dos outros. O faz porque não é capaz de viver bem a sua própria vida. É especialista em receitas mágicas de felicidade, de realização, mas quando precisa fazer a receita dar certo na sua própria história, fracassa. Tem gente que gosta de fazer a vida alheia a pauta principal de seus assuntos. Tem solução para todos os problemas da humanidade, menos para os seus. Dá conselhos, propõe soluções, articula, multiplica, subtrai, faz de tudo para que o outro faça o que ele quer. Só dê ouvidos a quem te ama, repito. Cuidado com as acusações de quem não te conhece. Não coloque sua atenção em frases que te acusam injustamente. Há muitos que vão feridos pela vida porque não souberam esquecer os insultos maldosos. Prenderam a atenção nas palavras agressivas e acreditaram no conteúdo mentiroso delas. Há muitos que carregam o fardo permanente da irrealização porque não se tornaram capazes de esquecer a palavra maldita, o insulto agressor. Por isso repito: só dê ouvidos a quem te ama. Não se ocupe demais com as opiniões de pessoas estranhas. Só a cumplicidade e conhecimento mútuo pode autorizar alguém a dizer alguma coisa a respeito do outro. Ando pensando no poder das palavras. Há palavras que bendizem, outras que maldizem. Descubro cada vez mais que Jesus era especialista em palavras benditas. Quero ser também. Além de bendizer com a palavra, Ele também era capaz de fazer esquecer a palavra que amaldiçoou. Evangelizar consiste em fazer o outro esquecer o que nele não presta, e que a palavra maldita insiste em lembrar. Quero viver para fazer esquecer... Queira também. Nem sempre eu consigo, mas eu não desisto. Não desista também. Há mais beleza em construir que destruir. Repito: só dê ouvidos a quem te ama. Tudo mais é palavra perdida, sem alvo e sem motivo santo. Só mais uma coisa. Não te preocupes tanto com o que acham de ti. Quem geralmente acha não achou nem sabe ver a beleza dos avessos que nem sempre tu revelas. O que te salva não é o que os outros andam achando, mas é o que Deus sabe a teu respeito. (Padre Fábio de Melo)

Conceitos relacionados: ouvidos ouvidos outras ama só fundamentadas

' 2.5/5 (2 votos)
Por: admin


autor Hoje acordei achando tudo diferente sei lá o que ouve, mas pra mim ta tudo desigual, não sei se é exagero meu, ou apenas um momento de solidão, nome que dou ao meu vazio vão onde uso pra me esconder. Não sou o dono da verdade, mas não posso ser indiferente ou simplesmente dizer que sou tão forte o quanto deveria ser, pois sou ser humano, carne e osso, também tenho saudade também sinto dor. Também choro! Um dia dei meu mundo quando a pessoa só me pedia uma estrela; eu bobo de mais ou simplesmente apaixonado ao estremo, fiz o que pude e o que não podia também, quando me vi estava assim, sem rumo sem nexo, apenas o nada com a solidão na minha companhia, quando eu só queria dizer EU TE AMO! Ás vezes eu me pego conversando besteira, tantas coisas temos em comum, e eu sempre me perco diante os meus segredos, e eu não sei como agir, pois sou dominado pelo MEDO, medo esse que vem como empecilho quando eu só preciso dizer que eu te amo, e eu não sei que horas dizer, ou como tentar, me dá um medo, mesmo tendo apenas duas opções, te ganhar ou perder. Fico com a segunda opção, não por não ter coragem de lutar, mas por não ter mais capacidade de ouvir NÃO como resposta, mas eu só queria dizer que EU TE AMO. Fico feito bobo, dias á frio na solidão do meu coração vazio, feito criança inconsolada, vagando ao amanhecer sobre o relento frio da falta de sono, com as lembranças dos seus sorrisos, dos momentos á dois -eu e você- ao seu lado foi o lugar onde eu sempre quis está, já que isso será sempre impossível, estou partindo. Mais saiba que um dia eu te amei! Quando me dei por perdido não encontrei ninguém, me fiz de fênix e renasci, assim vou continuar renascendo mil vezes se necessário; mesmo que ainda seja sem você. Um dia irei parar de chorar, acho que assim esse sentimento pare de crescer, talvez minhas lágrimas esteja regando o bom do amor! (Didi)

Conceitos relacionados: achando exagero desigual diferente acordei

' 0.0/5 (0 votos)
Por: admin
autor Elegia lírica Um dia, tendo ouvido bruscamente o apelo da amiga desconhecida Pus-me a descer contente pela estrada branca do sul E em vão eram tristes os rios e torvas as águas Nos vales havia mais poesia que em mil anos. Eu devia ser como o filósofo errante à imagem da Vida O riso me levava nas asas vertiginosas das andorinhas E em vão eram tristes os rios e torvas as águas Sobre o horizonte em fogo cavalos vermelhos pastavam. Por todos os lados flores, não flores ardentes, mas outras flores Singelas, que se poderiam chamar de outros nomes que não os seus Flores como borboletas prisioneiras, algumas pequenas e pobrezinhas Que lá aos vossos pés riam-se como orfãozinhas despertadas. Que misericórdia sem termo vinha se abatendo sobre mim! Meus braços se fizeram longos para afagar os seios das montanhas Minhas mãos se tornaram leves para reconduzir o animalzinho transviado Meus dedos ficaram suaves para afagar a pétala murcha. E acima de tudo me abençoava o anjo do amor sonhado... Seus olhos eram puros e mutáveis como profundezas de lago Ela era como uma nuvem branca num céu de tarde Triste, mas tão real e evocativa como uma pintura. Cheguei a querê-la em lágrimas, como uma criança Vendo-a dançar ainda quente de sol nas gazes frias da chuva E a correr para ela, quantas vezes me descobri confuso Diante de fontes nuas que me prendiam e me abraçavam... Meu desejo era bom e meu amor fiel Versos que outrora fiz vinham-me sorrir à boca... Oh, doçura! que colméia és de tanta abelha Em meu peito a derramares mel tão puro! E vi surgirem as luzes brancas da cidade Que me chamavam; e fui... Cheguei feliz Abri a porta... ela me olhou e perguntou meu nome: Era uma criança, tinha olhos exaltados, parecia me esperar. * A minha namorada é tão bonita, tem olhos como besourinhos do céu Tem olhos como estrelinhas que estão sempre balbuciando aos passarinhos... É tão bonita! tem um cabelo fino, um corpo de menino e um andar pequenino E é a minha namorada... vai e vem como uma patativa, de repente morre de amor Tem fala de S e dá a impressão que está entrando por uma nuvem adentro... Meu Deus, eu queria brincar com ela, fazer comidinha, jogar nai-ou-nentes Rir e num átimo dar um beijo nela e sair correndo E ficar de longe espiando-lhe a zanga, meio vexado, meio sem saber o que faça... A minha namorada é muito culta, sabe aritmética, geografia, história, contraponto E se eu lhe perguntar qual a cor mais bonita ela não dirá que é a roxa porém brique. Ela faz coleção de cactos, acorda cedo vai para o trabalho E nunca se esquece que é a menininha do poeta. Se eu lhe perguntar: Meu anjo, quer ir à Europa? ela diz: Quero se mamãe for! Se eu lhe perguntar: Meu anjo, quer casar comigo? ela diz... – não, ela não acredita. É doce! gosta muito de mim e sabe dizer sem lágrimas: Vou sentir tantas saudades quando você for... É uma nossa senhorazinha, é uma cigana, é uma coisa Que me faz chorar na rua, dançar no quarto, ter vontade de me matar e de ser presidente da república. É boba, ela! tudo faz, tudo sabe, é linda, ó anjo de Domremy! Dêem-lhe uma espada, constrói um reino; dêem-lhe uma agulha, faz um crochê Dêem-lhe um teclado, faz uma aurora, dêem-lhe razão, faz uma briga...! E do pobre ser que Deus lhe deu, eu, filho pródigo, poeta cheio de erros Ela fez um eterno perdido... Meu benzinho adorado minha triste irmãzinha eu te peço por tudo o que há de mais sagrado que você me escreva uma cartinha sim dizendo como é que você vai que eu não sei eu ando tão zaranza por causa do teu abandono eu choro e um dia pego tomo um porre danado que você vai ver e aí nunca mais mesmo que você me quer e sabe o que eu faço eu vou-me embora para sempre e nunca mas vejo esse rosto lindo que eu adoro porque você é toda a minha vida e eu só escrevo por tua causa ingrata e só trabalho para casar com você quando a gente puder porque agora tudo está tão difícil mas melhora não se afobe e tenha confiança em mim que te quero acima do próprio Deus que me perdoe eu dizer isso mais é sincero porque ele sabe que ontem pensei todo o dia em você e acabei chorando no rádio por causa daquele estudo de Chopin que você tocou antes de eu ir-me embora e imagina só que estou fazendo uma história para você muito bonita e quando chega de noite eu fico tão triste que até dá pena e tenho vontade de ir correndo te ver e beijo o ar feito bobo com uma coisa no coração que já fui até no médico mas ele disse que é nervoso e me falou que eu sou emotivo e eu peguei ri na cara dele e ele ficou uma fera que a medicina dele não sabe que o meu bem está longe melhor para ele eu só queria te ver uma meia hora eu pedia tanto que você acabava ficando enfim adeus que já estou até cansado de tanta saudade e tem gente aqui perto e fica feio eu chorar na frente deles eu não posso adeus meu rouxinol me diz boa-noite e dorme pensando neste que te adora e se puder pensa o menos possível no teu amigo para você não se entristecer muito que só mereces felicidade do teu definitivo e sempre amigo... Tudo é expressão. Neste momento, não importa o que eu te diga Voa de mim como uma incontensão de alma ou como um afago. Minhas tristezas, minhas alegrias Meus desejos são teus, toma, leva-os contigo! És branca, muito branca E eu sou quase eterno para o teu carinho. Não quero dizer nem que te adoro Nem que tanto me esqueço de ti Quero dizer-te em outras palavras todos os votos de amor jamais sonhados Alóvena, ebaente Puríssima, feita para morrer... Ó Crucificado estou Na ânsia deste amor Que o pranto me transporta sobre o mar Pelas cordas desta lira Todo o meu ser delira Na alma da viola a soluçar! Bordões, primas Falam mais que rimas. É estranho Sinto que ainda estou longe de tudo Que talvez fosse cantar um blues Yes! Mas O maior medo é que não me ouças Que estejas deitada sonhando comigo Vendo o vento soprar o avental da tua janela Ou na aurora boreal de uma igreja escutando se erguer o sol de Deus. Mas tudo é expressão! Insisto nesse ponto, senhores jurados O meu amor diz frases temíveis: Angústia mística Teorema poético Cultura grega dos passeios no parque... No fundo o que eu quero é que ninguém me entenda Para eu poder te amar tragicamente! (Vinícius de Moraes)

Conceitos relacionados: ouvido bruscamente tendo lírica um elegia

' 0.0/5 (0 votos)
Por: admin
autor Organiza o Natal Alguém observou que cada vez mais o ano se compõe de 10 meses; imperfeitamente embora, o resto é Natal. É possível que, com o tempo, essa divisão se inverta: 10 meses de Natal e 2 meses de ano vulgarmente dito. E não parece absurdo imaginar que, pelo desenvolvimento da linha, e pela melhoria do homem, o ano inteiro se converta em Natal, abolindo-se a era civil, com suas obrigações enfadonhas ou malignas. Será bom. Então nos amaremos e nos desejaremos felicidades ininterruptamente, de manhã à noite, de uma rua a outra, de continente a continente, de cortina de ferro à cortina de nylon — sem cortinas. Governo e oposição, neutros, super e subdesenvolvidos, marcianos, bichos, plantas entrarão em regime de fraternidade. Os objetos se impregnarão de espírito natalino, e veremos o desenho animado, reino da crueldade, transposto para o reino do amor: a máquina de lavar roupa abraçada ao flamboyant, núpcias da flauta e do ovo, a betoneira com o sagüi ou com o vestido de baile. E o supra-realismo, justificado espiritualmente, será uma chave para o mundo. Completado o ciclo histórico, os bens serão repartidos por si mesmos entre nossos irmãos, isto é, com todos os viventes e elementos da terra, água, ar e alma. Não haverá mais cartas de cobrança, de descompostura nem de suicídio. O correio só transportará correspondência gentil, de preferência postais de Chagall, em que noivos e burrinhos circulam na atmosfera, pastando flores; toda pintura, inclusive o borrão, estará a serviço do entendimento afetuoso. A crítica de arte se dissolverá jovialmente, a menos que prefira tomar a forma de um sininho cristalino, a badalar sem erudição nem pretensão, celebrando o Advento. A poesia escrita se identificará com o perfume das moitas antes do amanhecer, despojando-se do uso do som. Para que livros? perguntará um anjo e, sorrindo, mostrará a terra impressa com as tintas do sol e das galáxias, aberta à maneira de um livro. A música permanecerá a mesma, tal qual Palestrina e Mozart a deixaram; equívocos e divertimentos musicais serão arquivados, sem humilhação para ninguém. Com economia para os povos desaparecerão suavemente classes armadas e semi-armadas, repartições arrecadadoras, polícia e fiscais de toda espécie. Uma palavra será descoberta no dicionário: paz. O trabalho deixará de ser imposição para constituir o sentido natural da vida, sob a jurisdição desses incansáveis trabalhadores, que são os lírios do campo. Salário de cada um: a alegria que tiver merecido. Nem juntas de conciliação nem tribunais de justiça, pois tudo estará conciliado na ordem do amor. Todo mundo se rirá do dinheiro e das arcas que o guardavam, e que passarão a depósito de doces, para visitas. Haverá dois jardins para cada habitante, um exterior, outro interior, comunicando-se por um atalho invisível. A morte não será procurada nem esquivada, e o homem compreenderá a existência da noite, como já compreendera a da manhã. O mundo será administrado exclusivamente pelas crianças, e elas farão o que bem entenderem das restantes instituições caducas, a Universidade inclusive. E será Natal para sempre. Ah! Seria ótimo se os sonhos do poeta se transformassem em realidade. Texto extraído do livro Cadeira de Balanço, Livraria José Olympio Editora - Rio de Janeiro, 1972, pág. 52. (Carlos Drummond de Andrade)

Conceitos relacionados: natal alguém imperfeitamente compõe organiza meses;

' 0.0/5 (0 votos)
Por: admin
autor LET ME TRY AGAIN 27 de setembro de 1999 Você viveu um grande amor que terminou meses atrás. Está só. Nada nesta mão, nada na outra. A sexta-feira vai terminando e, enquanto seus colegas de trabalho aquecem as turbinas para o fim-de-semana, você procura no jornal algum filme que ainda não tenha visto na tevê. Ao descobrir que vai passar Kramer vs. Kramer de novo, não resiste e cai em tentação: liga para o ex. Tentar outra vez o mesmo amor. Quem já não caiu nesta armadilha? Se ele também estiver sozinho, é sopa no mel. Os dois já se conhecem de trás para frente. Não precisam perguntar o signo: podem pular esta parte e ir direto ao que interessa. Sabem o prato preferido de cada um, se gostam de mar ou de montanha, enfim, está tudo como era antes, é só prorrogar a vigência do contrato. Tanto um como o outro sabem de cor o seu papel. Porém, apesar de toda boa intenção, nenhum dos dois consegue disfarçar o cheirinho de comida requentada que fica no ar. O motivo que levou à separação continua por ali, escondido atrás do sofá, e qualquer hora aparece para um drinque. O fim de um romance quase nunca tem a ver com os rompimentos de novela, onde a mocinha abre mão do amado porque alguém a está chantageando ou porque descobriu que ele é, na verdade, seu irmão gêmeo. No último capítulo tudo se esclarece e a paixão segue sem cicatrizes. Já rompimentos causados por incompatibilidades reais não são assim tão fáceis de serem contornados. Toda reconciliação é precedida por uma etapa onde o casal, cada um no seu canto, faz idealizações. As frases que não foram ditas começam a ser decoradas. As mancadas não serão repetidas. As discussões serão evitadas. Na nossa cabeça, tudo vai dar certo: o roteiro do romance foi reescrito e os defeitos foram retirados do script, ficando só as partes boas. Mas na hora de encenar, cadê o diretor? À sós no palco, constatamos que somos os mesmos de antigamente, em plena recaída. Se alguém termina um namoro ou casamento, passa um tempo sozinho e depois resolve voltar só por falta de opção, está procurando sarna para se coçar. Até existe a possibilidade de dar certo, mas a sensação é parecida com a de rever um filme. Numa segunda apreciação, pode-se descobrir coisas que não haviam sido notadas na primeira vez, já que não há tanta ansiedade. Mas também não há impactos, surpresas, revelações. Ficamos preparados tanto para as alegrias como para os sustos e, cá entre entre nós, isso não mantém o brilho do olho. Se já não há mais esperança para o relacionamento e tendo doído tanto a primeira separação, não há por que batalhar por uma sobrevida deste amor, correndo o risco de ganhar de brinde uma sobrevida para a dor também. É melhor aproveitar esta solidão indesejada para namorar um pouco a si mesmo e ir se preparando para o amor que vem. Evite a marcha a ré. Engate uma primeira nesse coração. (Martha Medeiros)

Conceitos relacionados: grande 1999 você viveu terminou again 27

' 0.0/5 (0 votos)
Por: admin
autor Frase de Realização de um Sonho Encontrados 730 frases e pensamentos: frase realização sonho Tenho em mim todos os sonhos do mundo Fernando Pessoa Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 925 pessoas Mais InformaçãoSonhar é acordar-se para dentro. Mário Quintana Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 430 pessoas Mais InformaçãoSonha e serás livre de espírito... luta e serás livre na vida. Che Guevara Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 242 pessoas Mais InformaçãoNós somos do tecido de que são feitos os sonhos. William Shakespeare Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 162 pessoas Mais InformaçãoO futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos. Elleanor Roosevelt Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 140 pessoas Mais InformaçãoNunca se afaste de seus sonhos. Porque se eles forem, você continuara vivendo, mas terá deixado de existir. mark Twain Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 98 pessoas Mais InformaçãoSe podemos sonhar, também podemos tornar nossos sonhos realidade. Walt Disney Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 96 pessoas Mais InformaçãoGosto daquele que sonha o impossível. Johann Goethe Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 67 pessoas Mais InformaçãoFica estabelecida a possibilidade de sonhar coisas impossíveis e de caminhar livremente em direção aos sonhos. Luciano Luppi Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 16 pessoas Mais InformaçãoAs Vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa... e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos e as pessoas pequenas demais para torná-los reais! Bob Marley Adicionar à minha coleçãoNa coleção de 4202 pessoas Mais InformaçãoO Amor... É difícil para os indecisos. É assustador para os medrosos. Avassalador para os apaixonados! Mas, os vencedores no amor são os fortes. Os que sabem o que querem e querem o que têm! Sonhar um sonho a dois, e nunca desistir da busca de ser feliz, é para poucos!! (Cecília Meireles)

Conceitos relacionados: frases pensamentos: sonho encontrados frase frase

' 0.0/5 (0 votos)
Por: admin
' 0.0/5 (0 votos)
Por: admin

Foram encontrados 4376 resultados para esta busca